Agosto de 2020, estamos no meio de uma pandemia mundial e muitas empresas estão precisando se adaptar para sobreviver.

Na maioria dos casos, sair da zona de conforto já é uma mudança significativa, agora se manter em isolamento social, conforme a OMS é um desafio maior ainda.

Realizar tarefas de casa, manter uma rotina equilibrada com exercícios e uma dieta saudável, além de todos os desafios profissionais que o trabalho demanda, é possível?

O italiano Leonardo da Vinci (1452-1519) um dos grandes exemplos da inventividade humana, tinha diversas possibilidades de invenções em sua cabeça (helicóptero por exemplo), porém devido a falta de recursos da época não conseguiu concretizar grande parte. Da Vinci tinha o seu limite estabelecido pelas circunstâncias.

É muito importante analisar as circunstâncias antes de estabelecer nossos objetivos e metas para lidar com o isolamento.

Em tempos de rede social, onde tudo parece acessível e fácil, nos acostumamos a ver pessoas saudáveis lidando super bem com suas tarefas rotineiras e nos cobramos cada vez mais para seguir determinado padrão, deixando de lado nossas limitações subjetivas e ambientais.

Isso de certa forma nos restringe. Quando projetamos o objetivo de outras pessoas em nossa vida, medimos nossas conquistas através de um modelo comparativo. 

Quando analisamos a real crença por trás desses objetivos, normalmente são infundadas, nos causando frustração e o aumento da ansiedade.


Entenda seu contexto, não tente ir além do que está disposto a fazer neste momento. Tenha claro suas metas a serem batidas, sejam elas profissionais ou pessoais.

Trabalhe o auto conhecimento. Se reinvente.


Onde quer chegar? Tem as ferramentas necessárias? Está em um ambiente favorável?

Mãos à obra!!

Sobre Maurício

Psicólogo formado pela Universidade Veiga de Almeida e Co-Founder & COO do Rupee

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *