Scrum ou Kanban? Quais são as principais diferenças e qual é a melhor opção para o contador

Muitas empresas de diferentes segmentos estão adotando metodologias ágeis para gestão de projetos para tornar os objetivos mais claros e mensuráveis para todos os envolvidos ao longo do acompanhamento do projeto.

Existem diversas metodologias que auxiliam esses processos. Aqui, vamos explicar um pouco mais sobre kanban e scrum, abordando seus conceitos, principais diferenças e a melhor utilização prática de cada um.

Gestão com Kanban
Contadores estão aderindo a metodologia ágil para alcançarem melhores resultados.

O que é metodologia ágil?

Para começar, precisamos entender o que é a famosa metodologia ágil que tem transformado de forma positiva o dia a dia de muitos profissionais.

A metodologia ágil é um tipo de processo de gerenciamento de projetos, utilizado inicialmente entre as equipes de desenvolvimento de software, onde demandas e soluções precisam do esforço colaborativo de equipes auto-organizadas e interfuncionais para evoluírem.

A metodologia ágil é um conjunto de princípios que valorizam a capacidade de adaptação e a flexibilidade, reduzindo o desperdício de recursos, aumentando a produtividade e a disciplina e melhorando significativamente o ritmo de trabalho através de um fluxo contínuo.

Baseando-se nos valores e princípios do Manifesto Ágil, ela foi criada como uma resposta às inadequações dos métodos tradicionais de desenvolvimento. A indústria de software é um mercado altamente competitivo por se tratar de algo que pode ser continuamente atualizado. Isto significa que os desenvolvedores precisam melhorar e inovar constantemente seus produtos para se manterem no topo do jogo.

Dentre as metodologias ágeis, as mais famosas são Kanban e Scrum, metodologias de gestão de projetos que também visam a melhoria contínua. Mas os processos que utilizam para atingir esses fins são diferentes entre eles. Enquanto o Kanban está centrado em torno da visualização de tarefas e fluxo contínuo, Scrum tem mais a ver com a implementação de linhas de tempo para cada ciclo de entrega em conjunto com a atribuição de funções aos respectivos responsáveis.

Tanto o Kanban como o Scrum utilizam metodologia ágil. Isto significa que ambos são adaptáveis, transparentes, e reduzem ineficiências ao longo do processo. 

Kanban vs. Scrum: Qual é a diferença?

Veja a seguir com mais detalhes os principais pontos que os distinguem.

O que é Kanban?

Criado pelo engenheiro japonês Taiichi Ohno em 1953, Kanban é um método visual de gestão de projetos utilizado para rastrear tarefas e reduzir ineficiências, produzindo mais com menos. Ohno, que era diretor da Toyota, ao comparar seu trabalho ao que era realizado na Ford, percebeu que o sistema de estoque da concorrência ocasionava muito desperdício, além da necessidade de investimentos em infraestrutura e maquinários. 

Para a Toyota, pertencente ao cenário de um Japão pós-gerra repleto de escassez de matéria prima, esse modelo era inviável. Foi então que, após observar como as redes de supermercados dos Estados Unidos mantinham as prateleiras abastecidas apenas com a quantidade certa de cada produto, ele passou a usar cartões de papel para sinalizar e rastrear a demanda em sua fábrica, batizando o novo sistema de “Kanban”.

Os colaboradores poderiam trabalhar em um novo item somente quando o cartão sinalizando uma demanda voltava para eles e apenas quando o número de cartões Kanban pendentes atingia um limite definido.

Desta forma, foi possível reduzir os estoques, melhorar o rendimento dos funcionários e proporcionar alta visibilidade do processo. Em pouco tempo, foi adotado em quase todos os processos da Toyota.

O poder da aplicação do Kanban foi tal que a Toyota deixou de operar com prejuízo e se tornou o concorrente global que é hoje. Taiichi Ohno passou por todos os cargos seniores da empresa e se tornou vice-presidente executivo em 1975.

Hoje em dia, organizações que buscam alcançar melhores resultados utilizam para acompanhar e identificar possíveis melhorias em produtos e serviços, como desenvolvimento de software, serviços contábeis e financeiros, consultoria, entre outros.

No Kanban, ferramenta de gestão à vista, as demandas são organizadas da seguinte forma: As fases do projeto são divididas em colunas e as tarefas são escritas em cartões que progridem de uma coluna para a seguinte, até que a tarefa esteja concluída.

O Kanban, por seguir conceitos da metodologia ágil, é considerado uma ferramenta fácil de rápida de ser implementada, também podemos citar o aumento da transparência entre equipes e gestores ao apresentar de forma visual quais são as tarefas que precisam ser executadas, quais já estão em andamento e quais já foram finalizadas. 

Outros conceitos que o Kanban inclui são:

  • A definição de fluxo de trabalho;
  • Limites do trabalho em curso;
  • Melhorias contínuas dos processos.
Equipes conábeis mais produtivas com Kanban
Equipes contábeis tornam-se mais produtivas com Kanban.

O que é Scrum?

Criado por  Ken Schwaber e Jeff Sutherland para auxiliar no desenvolvimento de projetos de software na década de 90, o Scrum só ficou popularmente conhecido nos anos 2000. Seu objetivo é disponibilizar novos recursos de software a cada 2 a 4 semanas Atualmente é um método ágil muito utilizado em ambiente empresarial para organização de grandes projetos. 

Ele é um processo enxuto, que trabalha com três artefatos, três papéis e algumas atividades, procurando sempre ser o mais enxuto possível. Podem se adequar a cada projeto:

Scrum é uma metodologia ágil voltada para projetos grandes e complexos. O Scrum baseia-se em ciclos de desenvolvimento curtos chamados sprints, que geralmente duram de uma a quatro semanas. Equipes que utilizam essa metodologia costumam ser auto-organizadas, pequenas (normalmente não mais do que nove pessoas), e incluem um Scrum Master e/ou um proprietário de produto. 

Utilizando uma abordagem interativa para completar projetos, as equipes completam e entregam tarefas por fases. Isto facilita a adaptação às mudanças e à evolução das prioridades.

O Scrum é construído sobre três pilares:

  • Adaptação;
  • Transparência;
  • Inspeção contínua.

Quando usar o Scrum?

O Scrum é indicado para a gestão de qualquer departamento ou projeto complexo em times pequenos. É recomendado para negócios que tenham times com papéis estáveis e que não devem ser modificados durante a execução do projeto. para que seja estimulado o trabalho em equipe e a colaboração. Todo o time precisa ter disponibilidade para a realização de reuniões diárias onde é apresentado tudo o que foi realizado no dia anterior, o que será feito no dia vigente e se há algum impeditivo para estas execuções. Esse resumo diário serve para que todos sejam informados sobre o andamento do projeto e os próximos passos.

Além disso, o Scrum também exige que sejam feitos ciclos de avaliação para identificar melhorias e aperfeiçoar o serviço oferecido.

Kanban vs. Scrum: Semelhança

Kanban e Scrum são metodologias que permitem adaptações ao trabalho e envolvimento de todos os membros da equipe.

Kanban vs. Scrum: Diferenças

O Kanban é uma metodologia centrada em torno da visualização de tarefas, enquanto Scrum é uma metodologia que estrutura o fluxo de trabalho e a cultura de equipe para entregar projetos em prazos curtos.

O Kanban entrega tarefas continuamente até que o projeto esteja concluído, enquanto Scrum entrega pedaços de produtos em períodos de uma a quatro semanas.

Por que o Kanban é a melhor opção para contadores?

Kanban, é uma metodologia ágil. Isto significa que ele oferece as ferramentas e processos específicos para implementar a metodologia ágil na rotina da equipe que o utiliza. Além disso, ele apresenta muitos princípios característicos à rotina contábil, incluindo a capacidade de adaptação à mudanças, como por exemplo prazos e mudanças nas legislações, bem como a transparência entre toda a equipe. 

Outra vantagem é a gestão visual que ele oferece, facilitando a delegação de tarefas e tornando o gestor cada vez mais estratégico e menos operacional. Além dessa maior visibilidade do fluxo, o Kanban oferece maior velocidade de entrega e mantém o alinhamento entre os funcionários e os objetivos da organização.

O Rupee é uma ferramenta específica para contadores que apresenta todos os entregáveis de cada CNPJ em uma interface em formato de Kanban. Utilizando metodologia ágil, o Rupee evita a perda de prazos, automatiza tarefas recorrentes, emite relatórios, armazena documentos, além de promover a organização e aumento de produtividade.

Com o Rupee, você tem:

  • Gestão multi empresas em um só lugar: Economize tempo e otimize seus resultados monitorando todos os seus CNPJs em um único lugar.
  • Comunicação homogênea entre as equipes: Não perca mais prazos por falta de informação, tenha gestão á vista de todas as demandas do seu escritório contábil.
  • Automação de tarefas para melhorar a produtividade: De acordo com a necessidade de cada CNPJ, as demandas e entregáveis são criadas automaticamente.

E mais:

Facilidade no acesso à informações;

Redução de erros no processo;

Redução nos custos do negócio;

Gestão mais segura e eficaz;

Aumento da produtividade.

Traga sua empresa ou escritório de contabilidade para o Rupee e economize tempo e dinheiro. Entre em contato e saiba mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos que você pode gostar 🚀

O Tsunami tributário e suas complexidades

Com um processo tributário mais bem desenhado e organizado dentro da sua empresa, o seu contador e tributarista poderão gastar um tempo maior em se planejar e estudar os impactos dessa nova legislação e de outras no seu negócio.

Ler mais »

O que é gestão à vista?

Quando falamos em gestão de negócios, é imprescindível que se adote um sistema que seja confiável e que estimule seus colaboradores a se organizarem e

Ler mais »